3 eventos ao vivo

Gavassi revela amizade com diretor após acusação de plágio

Cantora se pronunciou sobre a polêmica envolvendo o clipe de 'Hipnose': "me agradeceu"

20 abr 2017
13h23
atualizado às 14h15
  • separator
  • comentários

Depois de adotar o visual loiro, Manu Gavassi lançou seu novo álbum "Manu", na última quarta-feira (19), em São Paulo. A cantora aproveitou para esclarecer a polêmica sobre o suposto plágio no clipe de "Hipnose". No Twitter, o diretor do vídeo "Hypnotic", da cantora Zella Day, Titanic Sinclair reclamou da semelhança entre os clipes. "O diretor de arte, Fernando Araújo, trabalha comigo e entre várias imagens, ele achou inspiração nesse clipe, dessa cantora que a gente não conhecia, a princípio. A frase sempre esteve lá, dizendo que foi inspirado na obra dela, com esse diretor", esclareceu na coletiva de imprensa.

"O engraçado é que o diretor entrou no meio dessa polêmica. Ele veio falar comigo e me agradeceu por eu ter me inspirado no trabalho dele. Ele me convidou pra fazer um clipe com ele nos Estados Unidos. Então, eu acho que é muito mais fácil contar uma história de plágio do que de uma amizade, não é mesmo?", criticou Manu, que fez um ensaio sensual de topless.

Depois de criticar o uso de Photoshop em fotos de ensaio, Manu comentou a ideia de posar com pouca roupa para as imagens de seu novo trabalho. "As pessoas perguntam: 'É para chocar?'. Não é para chocar. Eu não tenho mais 16 anos. Eu tenho 24. Então, eu não estou chocando ninguém com essas fotos. Eu não vejo um lance polêmico, mas sim fotos artísticas e de extremo bom gosto. Eu vejo uma menina mulher se sentindo extremamente segura."

Aliás, Manu disse que ainda não tem planos de se lançar em carreira internacional, diferentemente de Anitta, que começou a preparar a carreira fora do País. "Acho que é um pouco cedo. Ainda me dá um pouco de medo de falar disso agora."

Com 24 anos, Gavassi contou que está em uma fase mais "mulher". "Descobri minha sensualidade agora, depois que conquistei minha independência pessoal e profissional. Acredito que é porque estou mais segura."

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade