0

10 lugares em São Paulo que vão fazer você se sentir um turista

É sério que estamos mesmo na capital?

22 mar 2017
15h09
  • separator
  • comentários

São Paulo, selva de pedra, cidade cinza, do caos e do trânsito. É assim que você enxerga uma das maiores capitais da América do Sul? Por um lado, tudo isso é verdade, mas SP também reúne alguns lugares simplesmente encantadores, que têm o poder de fazer as pessoas que os visitam se sentirem turistas.

Conheça a cidade por outros olhos e se surpreenda!
Conheça a cidade por outros olhos e se surpreenda!
Foto: Reprodução/Pinterest e Viveiro Manequinho Lopes / Guia da Semana

Por mais incrível que pareça, não são poucos os lugares na cidade proporcionam aos paulistanos essa sensação. De parques a museus, confira 10 lugares em São Paulo que, não importa quantas vezes você visite, vão fazer com você se sentir um turista :

Parque da Água Branca

Foto: Wikimédia Commons e Pinterest / Guia da Semana

O Parque da Água Branca reserva um pedaço do interior cafeeiro de São Paulo em meio à zona oeste da capital. O local guarda refúgios em meio à cidade e nem parece que se encontra na imensa Avenida Matarazzo - lá é normal encontrar galinhas, cisnes e filhotes de aves andando harmoniosamente em meio aos visitantes . Seja para ler um livro, fazer exercícios ao ar livre, meditar, participar de aulas de yoga, fazer um piquenique ou almoço em família nas mesas de madeira, conhecer o parque realmente vale a pena.

Serviço
Avenida Francisco Matarazzo, 455 - Água Branca
Segunda a domingo, das 5h às 20h
Entrada Gratuita

Solo Sagrado

Foto: Pinterest / Guia da Semana

O Solo Sagrado é um daqueles passeios que fazem qualquer um se encantar pelas belezas da natureza - sem mencionar que parece que estamos fora de São Paulo! O local foi construído em 1945 para ser um protótipo do Paraíso Terrestre, deixando para a humanidade a base para a construção de um Mundo Ideal. Ao todo, são mais de 300 mil metros quadrados com jardins com paisagismo, cachoeiras artificiais, árvores e espaço para caminhada - tudo isso às margens da Represa de Guarapiranga, uma das maiores represas da capital. As visitas ocorrem apenas na 4ª semana do mês e não é preciso fazer agendamento (apenas para grupos acima de 15 pessoas).

Serviço
Av. Profº Hermann Von Ihering, 6567 - Jardim Casa Grande
Quinta a domingo, das 7h30 às 15h (apenas na quarta semana do mês)
Entrada Gratuita

Pinacoteca do Estado

Foto: Pinacoteca do Estado e Pinterest / Guia da Semana

A Pinacoteca do Estado tem recebido as principais exposições que chegam à cidade, sem contar as mostras permanentes que ocupam os andares superiores do local. Além de ser um passeio obrigatório para todos os paulistanos, a Pinacoteca está localizada em um lugar privilegiado: ao lado da Estação da luz e do Parque da Luz, uma incrível área verde da capital. Para estender o passeio, almoce ou dê uma passadinha na charmosa Cafeteria Flor Café , que possui uma área externa incrível.

Serviço
Praça da Luz, 2 - Luz
Quarta a segunda, das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h)
Entrada gratuita aos sábados. Demais dias R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

Memorial da Resistência

Foto: Museu da Resistência / Guia da Semana

O Memorial da Resistência de São Paulo é uma instituição dedicada à preservação de referências das memórias da resistência e repressão políticas do Brasil durante a Ditadura Militar. O local abrigou, durante o período de 1940 a 1983, o Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops|sp), uma das polícias mais truculentas do país, principalmente durante o regime militar. Por lá o visitante pode ver a recriação das salas onde presos políticos ficaram por tanto tempo, além de exposições e oficinas que acontecem regularmente. Para saber sobre a programação, clique AQUI .

Serviço
Largo General Osório, 66 - Santa Ifigênia
Quarta a segunda, das 10h às 18h
Entrada Gratuita

Museu da Imigração

Foto: Reprodução/Museu do Imigrante / Guia da Semana

O Museu da Imigração tem como objetivo preservar toda a história das pessoas que chegaram ao Brasil por meio da Hospedaria de Imigrantes, proporcionando assim um encontro entre várias histórias e pessoas. É o caso dos italianos, que vieram para o nosso país e deixaram marcas e relatos. Se você visitar o museu, vai conseguir entender todo processo de imigração deles. Por lá também é possível conferir exposições temporárias ou fixas.

Serviço
Rua Visconde de Parnaíba, 1316 - Mooca
Terça a Sábado, das 9h às 17h; Domingo, das 10h às 17h
Gratuito aos sábados. Demais dias R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

Rua Avanhandava

Foto: Reprodução/Famiglia Mancini  / Guia da Semana

Os diversos restaurantes do Grupo Mancini tomam conta da Rua Avanhandava , no centro da capital. Com luzes coloridas, fonte e um toque clássico, o local costuma ficar cheio durante os finais de semana. Ícone da gastronomia italiana na capital paulista, por lá é possível ter um passeio agradável e esticar em algum dos vários restaurantes.

Serviço
Rua Avanhandava - Bela Vista

Casa das Rosas

Foto: Pinterest e Casa das Rosas / Guia da Semana

Para os turistas que visitam São Paulo, a Avenida Paulista é um dos pontos obrigatórios para conhecer a essência da cidade. Bem no comecinho desse famoso cartão postal está a incrível Casa das Rosas, um espaço dedicado às mais diversas manifestações culturais, com enfoque em poesia e literatura. O casarão foi construído em 1935, época em que a região da Paulista era ocupada por mansões dos senhores do café. Atualmente, já com os típicos "espigões" de concreto dominando a paisagem, o imóvel revela uma parte da história da avenida que nem todos conhecem.

Se você é do tipo que gosta de conhecer lugares diferentes dentro de São Paulo, não pode deixar de percorrer seus jardins cheios de rosas coloridas -  cinco minutos por lá são suficientes para você ter a sensação de que o tempo parou.

Serviço
Av. Paulista, 37 - Paraíso
Terça a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 10h às 18h
Entrada Gratuita

Jardins do Museu do Ipiranga

Foto: SP Turismo e Shutterstock / Guia da Semana

O Museu do Ipiranga é um daqueles pontos turísticos mais importantes de São Paulo, obrigatório para todos que desejam conhecer melhor a história da cidade e do Brasil. Acontece que, por motivos de reforma, ele permanecerá fechado até 2020. Por isso, para quem, ainda assim, quer conhecer o local, a dica é se aventurar pela área externa do museu - que por si só já vale a visita. O chamado Parque do Ipiranga guarda inúmeras surpresas em meio a uma cidade movimentada.

Seus jardins ornamentados e minuciosamente moldados são um verdadeiro colírio para os olhos. Seja para praticar exercícios ao ar livre, andar de skate ou simplesmente fazer uma deliciosa caminhada, o local é uma ótima pedida.

Serviço
Av. Nazareth, S/N - Ipiranga
Diariamente, das 05h às 22h
Entrada Gratuita

Pavilhão Japonês

Foto: Pinterest e Parque do Ibirapuera / Guia da Semana

O Parque Ibirapuera é conhecido por ser uma das maiores áreas verdes da capital, além de ser um destino certo para quem quer praticar esportes ao ar livre. Acontece que dentro da agitação toda do parque existem ainda aqueles lugares onde é possível encontrar sossego e calmaria. Estamos falando do Pavilhão Japonês , construção inspirada no Palácio Katsura, em Quioto, entregue pela colônia japonesa no quarto centenário da cidade de São Paulo, em 1954. O passeio agradável e diferente é uma alternativa para quem quer sair da rotina. O cenário é formado por um jardim repleto de árvores japonesas, além de um lago com carpas coloridas.

Serviço
Avenida Pedro Álvares Cabral, portão 3 e 10, s/n - Parque Ibirapuera
Quarta, sábado, domingo e feriado. Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h.
R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada para estudantes com carteirinha, crianças de 5 a 12 anos e idosos entre 60 e 65 anos). Crianças até 4 anos e idosos acima de 65 anos são isentos.

Viveiro Manequinho Lopes

Foto: Viveiro Manequinho Lopes e Pinterest / Guia da Semana

Outro passeio muito bacana dentro do Parque do Ibirapuera é a visita ao Viveiro Manequinho Lopes , espaço de produção de mudas para plantio em áreas públicas da cidade. O local possui coleções vivas de espécies vegetais com um rico acervo de 200 espécies diferentes de plantas com potencial paisagístico e à disposição dos visitantes. A paisagem colorida deixa qualquer um encantado e certamente faz qualquer um esquecer dos problemas.

Serviço
Avenida República do Líbano, 1151 - Parque do Ibirapuera
Segunda a sexta-feira, das 7h às 17h
Entrada Gratuita

Guia da Semana

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade