0

Em resposta a Doria, Amazon libera download de livros

Empresa ainda doará Kindles a instituições que promovam cultura e educação

29 mar 2017
13h02
atualizado às 14h05
  • separator
  • comentários

Recapitulando - na última segunda-feira, 27, a Amazon divulgou um comercial em que projeta trechos de livros nos muros cinzas de São Paulo. João Doria, responsável pela ação "Cidade Linda", que apagou grafites em importantes pontos da cidade, respondeu à provocação sugerindo que a empresa colaborasse efetivamente com a cidade a partir de doações de livros e computadores a instituições públicas.

Foto: Shutterstock / Guia da Semana

Eis que a batalha chegou ao fim - por meio de um vídeo  divulgado na página oficial da Amazon no Facebook. A empresa anunciou a disponibilização gratuita de e-books de seu acervo. Ao todo, são 36 títulos com download limitado a um livro por cadastro, cujos arquivos poderão ser lidos tanto pelo Kindle, e-reader da marca, quanto em smartphones, pelo app do site. Clique aqui para baixar o seu. ;)

Além disso, a Amazon também prometeu doar centenas de Kindles a instituições que promovam cultura e educação - os detalhes, no entanto, ainda não foram divulgados.

Guia da Semana

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade