1 evento ao vivo

14 situações que só quem é magrela pode entender

Quando o carro tá cheio, você sempre é quem vai no colo. E ninguém descobriu para onde vai tudo isso que você come

9 mar 2017
21h02
atualizado em 22/3/2017 às 11h24
  • separator
  • comentários

A magreza , por mais que idealizada e buscada por grande parte das mulheres, tem seus perrengues. Pessoas que são magras demais, ou aquela que simplesmente é a mais magrela de um grupo de amigas, estão destinadas a enfrentar uma série de situações incômodas ou constrangedoras! Claro que tem suas vantagens... mas nem tudo é um mar de rosas!

Foto: Reprodução / ObaOba

Juntamos 14 situações que só uma magrela de natureza (daquelas que comem e não conseguem engordar de jeito nenhum) pode entender. Vem se identificar:

1. Sempre ganhar roupas (e sapatos) usadas das suas amigas e primas, porque não lhe servem mais;

Foto: ObaOba

2. E sempre precisar mandar suas roupas no costureiro, já que elas servem na sua altura, mas sempre ficam largas;

3. E quando o carro tá cheio e alguém precisa ir no colo, você sempre é eleita como a melhor escolha;

Foto: ObaOba

4. Não poder recusar um doce (ou uma comida gorda), porque "você é magra, você pode!";

5. E reclamações do seu corpo (ou de algum aspecto da sua vida) são automaticamente retrucadas com "pelo menos você é magra!", como se isso resolvesse tudo;

6. Saber como é difícil achar a roupa que você quer no tamanho PP;

Foto: ObaOba

7. E ter peças no seu guarda-roupa que são da seção infantil;

8. Você já virou mestre em fazer novos furos em cada cinto que você compra;

9. Pegar roupa emprestada das amigas é constantemente uma decepção - fica tudo caindo;

Foto: ObaOba

10. Não ser levada a sério ao perguntar se uma roupa lhe caiu bem, já que "tudo fica bom quando você é magra";

11. E se você faz academia para tentar ganhar um pouco de corpo, comemorar a cada 500 gramas conquistadas;

12. Comer muito e surpreender a todos com seu apetite. Tipo "para onde vai toda essa comida?!";

Foto: ObaOba

13. "Olívia Palito" foi seu segundo nome a vida toda. "Magra de ruim" era o apelido;

14. Mas, pelo menos, você pode comer as coisas menos saudáveis e mais gostosas do mundo sem sentir o menor efeito delas!

Foto: ObaOba
ObaOba

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade