0

16 rolês grátis e/ou econômicos para fazer em SP se você e seus amigos estão sem grana

Conheça a melhor parte da cidade: aquela que é gratuita ou bem baratinha! ♥

18 abr 2017
19h12
  • separator
  • comentários

Quem nunca esteve nessa situação: estar muito sem grana e ao mesmo tempo muito a fim de sair ? Difícil fazer qualquer coisa nos dias de hoje quando você não pode gastar nem um centavo, né? Se você e seu amigo(a) estão nessa situação, é bom saber que existe muita coisa legal para se fazer de graça (ou por um precinho acessível) em São Paulo ! Afinal, a crise chegou para todo mundo - e isso não quer dizer que você precisa morrer de tédio!

Tem muita coisa legal e gratuita para aproveitar em SP!
Tem muita coisa legal e gratuita para aproveitar em SP!
Foto: Shutterstock/Divulgação Mirante 9 de Julho (Ariel Martins) / ObaOba

Confira esses 16 rolês para fazer em São Paulo se você e seus amigos estão sem grana e conheça a melhor parte da cidade: aquela que é gratuita ou bem baratinha! ♥

1. Cinema ao ar livre, Wi-Fi, arte urbana e muito mais (de graça) no Mirante 9 de Julho

Foto: Divulgação / ObaOba

O Mirante , acima do túnel da Avenida 9 de Julho, ficou 76 anos sem ter nenhum uso. Hoje, depois de revitalização, é um dos espaços multiculturais mais ricos da cidade! E sabe o que é melhor? É de graça ♥ O Mirante 9 de Julho é aberto para todos, onde rola arte urbana, projetos culturais, exibições de cinema ao ar livre e sinal wi-fi aberto - tudo de graça. Vocês só vão pagar se quiserem consumir algo no restaurante ou no café do Mirante (e mesmo assim os preços não são absurdos). Partiu?

Endereço: R. Carlos Comenale, s/n - Bela Vista
Quanto? De graça

2. Aproveitar o happy hour gratuito do Mirante às sextas-feiras

Foto: Felipe Prado / ObaOba

Neste ano de 2017, o Mirante Nove de Julho anunciou sua programação mensal de happy hour às sextas-feiras - sempre com entrada gratuita. Os eventos são organizados pelo Grupo Vegas, e acontecem das 18h às 22h, sempre na última sexta-feira de todo mês. O som vai do pop até o funk, eletrônico, hip hop e outros estilos musicais. Confira a programação na página .

Endereço: Rua Carlos Comenale, s/n - Bela Vista
Quanto? De graça

3. Passar um tempo de qualidade ao ar livre no Parque da Água Branca

Foto: Reprodução/Commons Wikimedia  / ObaOba

O Parque da Água Branca , localizado na Avenida Francisco Matarazzo, é um oásis de relaxamento em meio à selva de pedra. Por lá você encontra um pedaço do interior cafeeiro de SP, além de ser possível encontrar animais como patos, cisnes galinhas e filhotes de aves andando harmoniosamente em meio aos visitantes. A entrada ao parque é gratuita - perfeito para quem quer se conectar à natureza, ler um livro, fazer um piquenique, se exercitar ou até mesmo participar de aulas de yoga. O horário de funcionamento é de segunda a domingo, das 05h às 20h.

Endereço: Avenida Francisco Matarazzo, 455 - Água Branca
Quanto? De graça

4. Enriquecer-se de música e cultura no Red Bull Station (de graça)

Foto: Reprodução Facebook / Red Bull Station / ObaOba

O Red Bull Station ocupa um edifício de 1926 tombado como patrimônio histórico, onde antigamente funcionava a subestação de energia Riachuelo, desativada em 2004. O prédio reabriu as portas em outubro de 2013, trazendo muita programação musical e cultural gratuita aos paulistanos! São cinco andares que contam com programas permanentes de residências e ocupações, além de uma cafeteria a preços acessíveis (foto), um terraço com fonte luminosa e um estúdio de música (Red Bull Studio São Paulo).

Endereço: Praça da Bandeira, 137 - Centro
Quanto? De graça

5. Apreciar a vista na Praça Pôr do Sol

Foto: Shutterstock / ObaOba

Já faz um tempo que a Praça Pôr do Sol virou point de encontro para jovens. Tão a fim de sair de casa e tão sem grana? Que tal contemplar o pôr do sol na praça e ainda por cima, de quebra, conhecer gente nova? Com uma pegada "good vibes", jovens se reúnem com violão e tudo para o evento, principalmente aos finais de semana. É uma boa para quem não está podendo gastar!

Endereço: Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiros, s/n - Alto de Pinheiros
Quanto? De graça

6. Visitar gratuitamente o Solo Sagrado de Guarapiranga

Foto: Reprodução/Pinterest  / ObaOba

O Solo Sagrado de Guarapiranga , localizado às margens da Represa, com certeza parece um lugar saído de um filme. O local foi construído em 1945 para ser um protótipo do Paraíso Terrestre, com mais de 300 mil metros quadrados com jardins com paisagismo, cachoeiras artificiais, árvores e espaço para caminhada. Você pode visitar o templo messiânico gratuitamente na 4ª semana de cada mês, e o agendamento não é necessário em grupos de menos de 15 pessoas.

Endereço: Av. Professor Hermann Von Ihering, 6567 - Jardim Casa Grande
Quanto? De graça

7. Aproveitar a programação gratuita do Centro Cultural de São Paulo

Foto: João Mussolin / Divulgação / ObaOba

O Centro Cultural de São Paulo (ou CCSP) é um dos lugares mais democráticos e acessíveis de São Paulo, principalmente se você e a sua galera tem uma pegada mais cult. Cinema, exposições, cursos, oficinas e manifestações musicais - grande parte desse roteiro sai de graça para quem quer visitar. O que não é gratuito tem o preço bem acessível (as sessões de cinema, por exemplo, custam de R$ 4 a R$ 8 reais). O lugar ainda conta com um terraço para apreciar a vista e relaxar.

Endereço: Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso
Quanto? Entrada gratuita

8. Ver a cidade de cima no tour pelo Edifício Banespa

Foto: Shutterstock / ObaOba

O Edifício Altino Arantes , mais conhecido como Banespa, é um dos símbolos mais famosos de São Paulo, por proporcionar uma vista exclusiva de 360º da cidade. Seu mirante fica a 160 metros acima do chão (ou 35 andares), e de lá de cima é possível avistar o centro e as zonas leste e oeste da cidade, inclusive as torres da Avenida Paulista. A visitação é gratuita, realizada de segunda a sexta, das 10h às 15h (exceto feriados).

Endereço: Rua João Brícola, 24 - Centro
Quanto? De graça

9. Dar um rolê na Praça Roosevelt

Foto: Shutterstock / ObaOba

A Praça Roosevelt é frequentada por skatistas, músicos, atores, ciclistas, patinadores, alternativos, todo mundo! Após recente reforma, o local se tornou mais um espaço multicultural de SP, reunindo diferentes tribos e eventos gratuitos. Além disso, é rodeada por bares e restaurantes, como o bar Mr. Cult (descolado e com música ao vivo - mas você só paga o couvert se quiser) e o bar Papo, Pinga e Petisco (irreverente e com preços acessíveis). Partiu?

Endereço: Praça Franklin Roosevelt, s/n - Consolação
Quanto? De graça

10. Cair nas festas gratuitas de SP

Foto: Divulgação / ObaOba

São Paulo não é só feita de balada cara não! Tem muita programação gratuita rolando na cidade, você só tem que ficar atento nas datas. A Casa das Caldeiras, por exemplo, é uma antiga fábrica que hoje abriga os mais diversos eventos e festas, a maior parte deles de graça. Confira a programação da casa e não deixe de curtir a noite só porque está sem grana!

Endereço: Avenida Francisco Matarazzo, 2000 - Água Branca
Quanto? De graça

11. Tomar uma gelada num bar que não se paga para entrar

Foto: Divulgação / ObaOba

A Vila Madalena, o bar mais boêmio de São Paulo, está cheio de barzinhos animados, nos quais você quase sempre tem que pagar - uma fortuna - para entrar. Recomendamos o Bar do Sacha, localizado no bairro e com entrada gratuita ! Com ambiente agradável e muito bem frequentado, o bar não desaponta na hora de tomar aquela cervejinha com os amigos: os preços das cervejas no cardápio são justos e apetitosos! Confira nossa lista de bares que não cobram a entrada em SP e gaste seu dinheiro com o que importa: cerveja ♥

Endereço: Rua Original, 89 - Vila Madalena
Quanto? Entrada gratuita

12. E aproveitar os bares em SP com cerveja de garrafa a menos de R$ 10

Foto: Shutterstock / ObaOba

Sim, esse é um sonho possível ♥ São Paulo oferece opções para quem quer desfrutar uma boa cerveja de garrafa com os amigos sem ter que pagar absurdos por isso. Nada melhor para quem está precisando economizar, mas não abre mão de uma gelada, certo? Confira nossa lista de bares para tomar cerveja de garrafa por menos de R$ 10 em São Paulo e não perca tempo.

Endereço: diversos bares em SP
Quanto? Até R$ 10 cada garrafa

13. Se deliciar nos festivais gastronômicos de São Paulo

Foto: Shutterstock / ObaOba

Os festivais gastronômicos invadiram São Paulo para a felicidade do estômago do paulistano! Festival de Churros, Festival da Churrascada e Cervejada (foto), Festival da Coxinha, Festival do Camarão, Festival do Sorvete - tem para todos os gostos ♥ O bom dessas feirinhas gastronômicas é que o preço dos pratos geralmente é acessível e saboroso. Confira uma lista completa dos festivais gastronômicos em São Paulo em 2017 e aproveite!

Endereço: diferentes lugares em SP
Quanto? Baratinho

14. Visitar os museus diferentes da cidade, como o Museu do Futebol

Foto: Divulgação / ObaOba

Quem disse que museu é coisa de "gente velha"? Nada disso! São Paulo é multicultural e oferece cultura para todos os gostos e idades. O Museu do Futebol, por exemplo, é uma ótima pedida se você e seus amigos se interessam pelo assunto - e o melhor é que tem um dia na semana em que a visitação é gratuita! Saiba mais no site do museu.

Endereço: Praça Charles Miller, s/n - Estádio do Pacaembu
Quanto? Entrada gratuita em 1 dia da semana

15. Aproveitar um domingo gostoso na Paulista Aberta

Foto: Reprodução Foursquare / ObaOba

Ah, a Paulista Aberta... Qualquer domingo ensolarado te convida a sair de casa e curtir a avenida, fechada para carros e aberta para os pedestres. Se você e seus amigos não estão a fim de pegar a bike para pedalar pela Paulista, não se preocupe: além de ser um passeio legal para curtir as manifestações musicais e artísticas que rolam por lá, os bares e botecos que ladeiam a avenida - como o Bar Domínio (foto), com cerveja de garrafa a preço justo e zero de entrada para pagar - não decepcionam, .

Endereço: Avenida Paulista, 497 - Paraíso
Quanto? Entrada gratuita

16. Devorar o "Super Temaki" gigante de R$ 17 da Liberdade

Foto: Reprodução Instagram / @marina.mapago / ObaOba

Não é porque você tá sem grana que tem que abandonar a nossa amada culinária japonesa , certo? Na Liberdade, o pólo japonês de São Paulo, você encontra muitos lugares para comer bem - mas existe um local secreto que pouquíssimos paulistanos conhecem: o Yoshizumi Sushi (ou Sushi Amigo, na tradução do japonês). Você pode não se impressionar pelo local, mas tenha certeza que lá vai provar o melhor temaki da sua vida! O chef, tradicional do Japão, faz tudo sozinho, ajudado pela sua esposa, a garçonete do local. O melhor é o preço de R$ 17 por um temaki de salmão, tão grande que a alga quase não fecha! Melhor opção para quem está com a grana curta.

Endereço: Av. Liberdade, 607 - Liberdade
Quanto? R$ 17 por um super temaki

ObaOba

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade