0

7 aplicativos gays para dar uma variada no cardápio

Grindr, BoyAhoy, DaddyHunt e outros apps de paquera gay para você conhecer!

20 abr 2017
17h06
  • separator
  • comentários

Com a popularização dos smartphones e dos aplicativos de relacionamentos, as chances de encontrar alguém para um encontro casual multiplicaram. Os aplicativos gays estão cada vez mais populares, e também oferecem a oportunidade de encontrar diferentes tipos de pessoas de forma bem rápida.

Foto: ObaOba

Confira e explore os 7 aplicativos gays mais populares . Vai ser impossível você ficar sozinho por muito tempo.

Grindr

Foto: ObaOba

Lançado em 2009, o Grindr é o primeiro e, até hoje, o mais famoso aplicativo gay baseado em geolocalização. Conta com uma base de usuários de dar inveja aos concorrentes — já foi baixado mais de 10 milhões vezes e está disponível para plataformas iOS e Android.

Pelo app, você consegue ver quem está próximo a você, suas fotos (se estiverem disponibilizadas) e iniciar um bate-papo. Um aviso: quem está por lá geralmente não está pensando apenas em bater papo.

Scruff

Foto: ObaOba

Depois do Grindr, a sensação é o Scruff . Com a mesma tecnologia de mostrar quem está próximo, o app, no entanto, permite conhecer um número restrito de usuários, caso você não assine a conta premium. Dizem que o público dessa plataforma é mais contido, e está mais preocupado em conversar e conhecer melhor a pessoa antes de ir para os finalmentes. Ele é muito frequentado por bears — barbudos e afins dentro desse segmento.

Você pode também aproveitar outros recursos interessantes que ele oferece como saber quem visitou o seu perfil (lembra do Orkut?), e há listas de eventos que acontecerão em todo o mundo, como festas e festivais gays. O aplicativo está disponível para iOS e Android.

BoyAhoy

Foto: ObaOba

O BoyAhoy possibilita que o usuário acesse a já famosa rede social BoyAhoy Gay Chat. Por ele, você recebe comentários nas fotos, curte o perfil de outro usuário — se ele curtir de volta, você será avisado —  e conversa diretamente.

Disponível para Android e iOS, o app tem como proposta promover uma interação entre os usuários de forma mais leve, ou seja, você pode encontrar alguém que esteja querendo apenas conversar.

Manhut

Foto: ObaOba

O Manhut é um desdobramento do maior site de encontros do mundo e tem o mesmo nome do seu predecessor. Isso fez com que sua base de assinantes já nascesse grande e, por isso, em qualquer lugar do mundo que estiver será fácil encontrar alguém que o utilize.

Além de realizar pesquisas através da sua geolocalização, você visualiza fotos e conversa com outros usuários. O chat não é online — ele é integrado como sistema de mensagens, como se fosse uma caixa de entrada de e-mail.

Você pode filtrar a pesquisa de usuários da maneira que quiser: escolher peso, altura e até preferências sexuais do futuro pretendente. Está disponível para iOS e Android.

Planeta Romeo

Foto: ObaOba

Esse também é um aplicativo que tem sua origem em um site de encontros, o Gay Romeo. No Planeta Romeo , você descobre onde está aquele cara que você está a fim de paquerar. Além disso, é possível salvar perfis como favoritos e usar nas buscas do seu navegador.

Não é um dos mais baixados e conhecidos no Brasil e, por conta disso, é indicado para quem já está conectado em outros sites de relacionamentos e quer conhecer pessoas novas.

Hornet

Foto: ObaOba

Com cerca de seis milhões de homens cadastrados em seu sistema, o Hornet é uma rede social voltada, principalmente, para quem quer um encontro sexual casual e rápido (com raras exceções).

Nele, você realiza pesquisas através da sua geolocalização, visualiza diferentes perfis com foto e tem a opção bate-papo. Como o nome já sugere, geralmente quem está por lá espera trocar poucas palavras e muito suor, se é que você entende!

DaddyHunt

Foto: ObaOba

Parte dos fetiches mais comuns entre os gays, o "pai x filho" tem mais chance de acontecer com esse aplicativo que promove encontros voltados para este público. Ao fazer sua inscrição, baixando o Daddy Hunt pelo iOS, você deverá escolher — entre os usuais dados já perguntados — se você é um pai ou um filho. As buscas serão orientadas através da sua preferência.

De acordo com as informações desse aplicativo gay, há cerca de 500 mil "daddies" cadastrados — um prato cheio para quem gosta de homens mais velhos!

O que achou dessa seleção? Conhece algum outro aplicativo gay que deveria estar nessa lista? Conte para a gente e aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar ligado em notícias sobre cultura, entretenimento e comportamento!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade