3 eventos ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

O amor cura a homofobia, diz Hugo Bonemer, do musical Yank!

Ator de ‘A Lei do Amor’ será fotógrafo que vive paixão gay em plena guerra

17 mar 2017
13h57
  • separator
  • comentários

Destaque da nova geração de atores, Hugo Bonemer interpretou o idealista Augusto na primeira fase de ‘A Lei do Amor’. Agora encara um desafio no teatro: será protagonista do musical ‘Yank!’, com estreia marcada para junho no Teatro Serrador, no centro do Rio.

O espetáculo original foi lançado em 2005, em Nova York. Na versão brasileira, Bonemer será Stu, jovem que se torna correspondente de guerra da Yank Magazine e se apaixona por um soldado do exército americano, Mitch, papel de Betto Marque. A peça se passa no auge da Segunda Guerra, época de extrema repressão aos gays.

Bonemer viveu a fase jovem do personagem atualmente interpretado por Ricardo Tozzi na novela das 21h
Bonemer viveu a fase jovem do personagem atualmente interpretado por Ricardo Tozzi na novela das 21h
Foto: Marcos Rosa / TV Globo / Divulgação

Hugo explica a premissa do musical assinado pelos irmãos David e Joseph Zellnik: “Antes da guerra, milhares de gays americanos pensavam ser únicos no mundo. Quando o exército dos Estados Unidos reúne essa gente toda, eles descobrem que não estão sozinhos. Nunca estiveram. ‘Então nem todo mundo nasce heterossexual?! Cada pessoa nasce diferente?! A sexualidade não é uma construção, mas uma condição natural?! O que está nos impedindo de ser feliz?!’, concluem. Mesmo naquele ambiente hostil, formam-se milhares de casais, felizes com a descoberta de que ‘é real, e é normal’”.

Nas pesquisas para a composição de seu personagem, o ator descobriu um mecanismo que eliminou muitos homossexuais na América daquela época.

“Quem era descoberto ia preso, mas podia escolher ir para a linha de frente, de onde cerca de 80% dos soldados não voltavam. Os que sobreviviam começaram a migrar para São Francisco. Anos depois, o bairro de Castro, naquela cidade da Califórnia, se tornou símbolo de resistência. Enfrentou a polícia que fechava seus estabelecimentos e colocava gays na cadeia, apenas ‘porque sim’. Não é um fato isolado. Os caras eram ex-militares, sobreviventes de guerra! Quem era doido de mexer com eles?! A história que contamos é o começo do movimento de clareza e proteção aos indivíduos LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) nos Estados Unidos. Faz parte da história mundial contemporânea na luta por liberdade e me sinto honrado em contá-la.”

A maioria dos galãs evita papéis que suscitem polêmica a respeito de sexualidade. Bonemer não sofre desse temor. “Interpretar um personagem que vive uma relação homoafetiva, pra quem não estiver enfermo, é natural, como deve ser em qualquer história de amor. A dificuldade real está em viver as nuances de um relacionamento que brota em meio a uma guerra, um ambiente de morte e medo constante”, afirma.

O ator sugere como enfrentar a discriminação baseada na orientação sexual: “A homofobia, como todo preconceito, é uma doença, mas essa o amor cura”.

Hugo Bonemer estará de volta à TV na série ‘A Vida Secreta dos Casais’, produção do canal HBO, ainda sem data de estreia.

Hugo Bonemer com os outros atores do elenco de 'Yank!'
Hugo Bonemer com os outros atores do elenco de 'Yank!'
Foto: Yank! / Divulgação
Blog Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail jb.saladetv@terra.com.br

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade