0

Ateu, Braga Nunes é aposta da Globo como mocinho em novela espírita

5 mar 2012
13h04
atualizado às 13h17
Mariana Trigo

Enquanto a TV Record investe em tramas bíblicas, como Rei Davi, o espiritismo parece estar ganhando lugar cativo no horário das 18h da Globo. Amor Eterno Amor, que estreia nesta segunda-feira (5), é assinada por Elizabeth Jhin, autora assumidamente adepta do gênero espiritualista que já assinou outras tramas do gênero, como Escrito nas Estrelas e Eterna Magia.

Desta vez, ela entrelaça misticismo com clima rural para contar a história de Rodrigo, do protagonista Gabriel Braga Nunes. Após destilar vilania com Léo, em Insensato Coração, o ator volta ao ar. Mas agora, tem a missão de convencer como um rústico herói romântico que, desde a infância, tem o dom de domar os animais com o olhar. Na trama, ele se divide entre a busca pelo amor de infância, vivido por Elvira, de Mayana Neiva, a quem jurou casamento; pela perturbadora jornalista Miriam, de Letícia Percilles; e por um caso passageiro com a atirada Valéria, de Andréia Horta. "Eu sou ateu, mas acredito muito que essa história tem ingredientes para envolver o brasileiro, que tem inclinação para a fé", avalia Gabriel.

Com a Ilha de Marajó como pano de fundo, entre manadas de búfalos e recantos paradisíacos, a trama dirigida por Rogério Gomes também aposta no merchandising social ao falar de crianças desaparecidas - assim como Glória Perez, que lançou o tema em Explode Coração, em 1995. Na história, Rodrigo foi misteriosamente afastado muito cedo de sua família biológica. Sua verdadeira mãe, a sofrida e milionária Verbena, de Ana Lúcia Torre, passa décadas com a certeza de que encontraria o filho desaparecido. "É uma história sobre jornadas, busca por respostas e por um grande amor do passado", define Elizabeth Jhin.

Nesta saga emocional, a perseverante Verbena se depara com a crueldade da irmã Melissa, a vilã de Cássia Kis Magro, que se ressente do milionário Augusto, de Reginaldo Faria, que escolheu Verbena para se casar. No entanto, Verbena cria a ONG Central das Crianças Desaparecidas para achar o filho e contrata a jornalista Miriam, da protagonista Letícia Persilles, para encontrá-lo. Por isso, a história também ganha como cenário a redação da fictícia revista feminina Cena Contemporânea, onde se passa parte da trama que teve seus primeiros 18 capítulos gravados em externas na pequena cidade de Carrancas, no interior de Minas - no qual fica a fictícia cidade Arraial de Fora - e no Pará, onde foi construída a fictícia Vila dos Milagres. "Essa é a primeira novela gravada no Pará. Fizemos imagens em igarapés, seringais, lagoas e praias pluviais", adianta o diretor Rogério Gomes, que se deslocou para a região com 100 profissionais.

Enquanto isso, no Projac, os cenógrafos Anne Bougeois e Fábio Gomes construíram duas cidades cenográficas e 45 cenários. Em uma delas, foi erguido o Edifício São Jorge, que na história é uma espécie de Balança mas Não Cai e abriga os personagens pobres que vêm do Norte para morar no Rio de Janeiro. Já a outra cidade, de 4.400 m², abriga casas de palafitas e reproduz a Ilha de Marajó. "O figurino também é bem antenado com a moda. A personagem da Cássia Kis Magro será sinônimo de ousadia. Abusa das perucas, brilhos e acessórios gigantes. Ela tem uma vaidade perversa", avisa a figurinista Natália Duran.

Com um frequente embate do bem contra o mal, a autora também frisa a temática espírita ao falar sobre crianças espiritualizadas, como é o caso da esperta Clara, de Klara Castanho. Segundo a autora, a personagem representa os jovens que nascem com dons especiais. "Algumas crianças que nasceram a partir do ano 2000 são seres de luz, mais sensíveis e que impulsionam o mundo para uma nova consciência. Ela será auxiliada pelo espírito de luz Lexor, vivido pelo Othon Bastos, que a ajuda a descobrir onde está o Rodrigo", explica Elizabeth.

Quem é quem em Amor Eterno Amor
Núcleo da família Borges - família biológica de Rodrigo:
Carlos/Rodrigo (Caio Manhete - na infância - e Gabriel Braga Nunes) - Um homem forte, íntegro, que mora na Ilha de Marajó no início da trama. Desde criança consegue domar animais apenas com o olhar. Acredita ser filho de Angélica e enteado de Virgílio. Prometeu casamento na infância para Elisa, seu primeiro amor, que sonha reencontrar. Mas se apaixona por Miriam e se envolve com Valéria.

Verbena Borges (Ana Lúcia Torre) - Mulher de caráter forte, mãe biológica de Rodrigo. Viúva de Augusto. É muito espiritualizada e tem certeza de que vai encontrar o filho desaparecido há mais de 30 anos. Ao descobrir que está doente, faz tudo para achar Rodrigo.

Augusto Borges (Reginaldo Faria) - Marido apaixonado de Verbena. Morre antes de reencontrar o filho Rodrigo. Fundou a construtora Prado Borges, uma das mais poderosas e ricas do País. Junto com Lexor, ajudará Verbena em sua trajetória espiritual.

Melissa Sobral (Cássia Kis Magro) - Invejosa e perversa, a irmã mais nova de Verbena sempre se ressentiu por não ter se casado com um milionário, como a irmã. Sua maior ambição é botar a mão na herança de Verbena, já que não acredita que Rodrigo esteja vivo. É mãe de Fernando e casada com o mau-caráter Dimas.

Dimas Sobral (Luís Melo) - Marido de Melissa. Tem caráter fraco e inveja a vida de Augusto e Verbena. Sonha em ter uma vida de luxo com Melissa e seu filho Fernando.

Fernando Sobral (Carmo Dalla Vecchia) - Filho de Melissa e Dimas. É o noivo apaixonado e obcecado de Miriam. Trabalha na construtora de sua tia Verbena. Sedutor, faz tudo para que a tia esqueça a ideia de reencontrar o filho.

Lexor (Othon Bastos) - Espírito de luz que ajuda Clara nas pistas do paradeiro de Rodrigo.

Núcleos dos empregados da família de Verbena:
Teresa (Rosi Campos) - Empregada e braço direto de Verbena. Trabalha na casa da família desde que Rodrigo nasceu. Nunca se perdoou por Rodrigo estar sob seus cuidados quando desapareceu na pracinha.

Kléber Gonçalves (Marcelo Faria) - Advogado da construtora Prado Borges. Ajuda Verbena a avaliar quem pode ser seu filho Rodrigo, embora muitas pessoas estejam interessadas somente na fortuna da empresária. É casado com Jáqui.

Jáqui (Suzy Rêgo) - Casada com Kléber, seu segundo marido. Tem dois filhos adolescentes do primeiro casamento. Ciumenta, acha que todas as mulheres se interessam por Kléber. Socialite superficial, não se conforma com a chegada da meia-idade e só pensa em tratamentos de beleza.

Núcleo da família Allende:
Gabriel Allende (Felipe Camargo) - Médico e amigo de Verbena. Pai de Miriam, Gabi e Clara. Seu hobby é a Astronomia. É totalmente cético para questões ligadas à espiritualidade. Viúvo, ele tem uma queda forte por Beatriz, terapeuta de vidas passadas que tem consultório ao lado do dele.

Miriam Allende (Letícia Persiles) - Jornalista jovem e idealista. Trabalha em uma revista feminina no Rio. Está de casamento marcado com Fernando, sobrinho de Verbena. Através de suas pesquisas, recebe pistas sobre o paradeiro de Rodrigo. Ao encontrá-lo, na Ilha de Marajó, sentirá uma forte atração.

Clara Allende (Klara Castanho) - Filha caçula de Gabriel. É uma criança excepcionalmente inteligente e sensível. Possui dons ligados à espiritualidade e com suas pistas ajudará Verbena a reencontrar Rodrigo.

Gabi Allende (Olívia Torres) - Irmã de Miriam e Clara. Ressente-se por ser a filha do meio e tem muito ciúme de Clara e de seus dons especiais.

Beatriz Mainardi (Carolina Kasting) - Psicóloga, especializada em terapia de regressão a vidas passadas. Recém-divorciada, tem dois filhos. Sente atração por Gabriel, embora tenham temperamentos e ideias conflitantes.

Núcleo da família que criou Rodrigo até os 10 anos de idade, em Minas Gerais:

Virgílio (Osmar Prado) - Homem sem caráter, pai adotivo de Rodrigo, a quem chama de Carlos. Tornou a infância dele um inferno. Quando mata Angélica, assusta Rodrigo, que foge de casa.

Angélica (Denise Weinberg) - Criou Carlos/Rodrigo como seu filho depois do desaparecimento. Amorosa, tenta mantê-lo a salvo dos maus-tratos de Virgílio.

Elisa (Júlia Gomes/Mayana Neiva) - Personagem do passado de Carlos/Rodrigo em Minas Gerais. Ela é a lembrança de um amor que ele carregou pela vida toda.

Núcleo da família Marajoara, da Ilha de Marajó:
Carmem (Vera Mancini) - Dona da birosca de Vila dos Milagres e mãe de Valéria. Mantém o marido Zé no cabresto e não tem medo de trabalho. É contra o namoro de Carlos/Rodrigo com sua filha.

Zé da Carmem (Pedro Paulo Rangel) - Carinhoso pai de Valéria. É casado com Carmem e sofre com o gênio explosivo da mulher. Gosta de Carlos/Rodrigo e não se opõe ao namoro dele com a filha.

Valéria (Andréia Horta) - Espevitada filha de Carmem e Zé. Serelepe, puxou a mãe na ambição e no gênio difícil. Faz tudo para conquistar Carlos/Rodrigo e se casar com ele.

Tobias (Erom Cordeiro) - Peão criado com Carlos/Rodrigo em Vila dos Milagres, onde trabalham na mesma fazenda. É casado com Jacira.

Jacira (Carol Castro) - Mulher de Tobias. Faz bolsas com couro vegetal com o auxílio da cunhada e vende na birosca de Zé da Carmem.

Josué (Raphael Viana) - Canta e toca violão na birosca de Zé e Carmem. Peão bonito, trabalha como vaqueiro na fazenda de búfalos em Vila dos Milagres. É apaixonado por Valéria e tenta conquistá-la.

Pedro Fonseca (André Gonçalves) - Repórter de um pequeno jornal de Belém. Entra em contato com Miriam para comunicar a semelhança entre Carlos e Rodrigo.

Núcleo da revista Cena Contemporânea:
Laura Belize (Giulia Gam) - Editora chefe da revista Cena Contemporânea. É chefe de Miriam e braço direito de Henrique.

Henrique Pietrini (Murilo Grossi) - Dono e diretor geral da revista. Calmo, firme e bem-humorado, é pai solteiro de Juliana. É apaixonado por Laura, mas não é correspondido.

Juliana Pietrini (Marina Ruy Barbosa) - Jovem estagiária na revista do pai. É igualmente esforçada e muito estabanada. É filha de Henrique. Luta para que a revista abra mais espaço para os jovens.

Núcleo do Edifício São Jorge:
Marlene (Hermylla Guedes) - Filha de Teresa. É bonita, mas não se cuida. Não terminou os estudos porque ficou grávida muito jovem de Laís. Faz tortas para fora e ajuda com pequenos bicos. Deseja um futuro melhor para a filha.

Laís (Jessica Alves) ¿ Neta de Teresa e filha de Marlene. É uma menina tranquila, mas não gosta de estudar. Escondida da mãe e da avó, passa a maior parte do tempo na casa dos vizinhos e visitando uma lan house.

Ribamar (Nuno Leal Maia) - Morador do São Jorge, é dono da pequena padaria que fica no térreo do edifício. Boa gente, está sempre com sono porque acorda muito cedo para fazer o pão de cada dia.

Dona Olga (Camila Amado) - Senhora moradora do edifício São Jorge. É solitária e vive falando sobre seus problemas de saúde.

Gabriel Braga Nunes e Letícia Persiles, que farão par romântico em 'Amor Eterno Amor'
Gabriel Braga Nunes e Letícia Persiles, que farão par romântico em 'Amor Eterno Amor'
Foto: Luiza Dantas e Jorge Rodrigues Jorge/ Carta Z Notícias / TV Press
Fonte: TV Press

compartilhe

publicidade
publicidade